novo site qualificando

Conheça os novos relógios inteligentes

relogio inteligente

Novidades movimentaram o mundo da tecnologia este mês; primeiro o anúncio de três relógios inteligentes trouxe uma categoria de gadgets totalmente reformulada e cheia de funções novas.

A Samsung lançou o Galaxy Gear; o smartWatch da sul-coreana tem acelerômetro, giroscópio para reconhecer movimentos e bateria com duração de, pelo menos, 25 horas. Com processador de 800 megahertz e câmera de 1.9 megapixel, o relógio faz vídeos em HD, tem conexão Bluetooth, 4GB de memória interna e ainda aceita comandos de voz.

O SmartWatch 2, da Sony, trouxe funções inovadoras, como a possibilidade de ativar a câmera do celular remotamente, assim como checar notificações do telefone. A bateria promete autonomia para três ou quatro dias. Outro diferencial é o NFC, agora presente em diversos equipamentos da marca japonesa.

Um pouco mais despretensiosa, a Qualcomm, mostrou este relógio inteligente. O Toq traz possibilidade de sincronismo smartphones e alertas para mensagens, ligações, calendário e até notificações do WhatsApp. A bateria, que fica na pulseira, dura entre três e cinco dias e recarrega sem fios – basta aproximar o aparelho de um dock que vem junto com o relógio.

Em um dos eventos mais esperados do ano, a Apple apresentou também dois novos modelos de iPhone; um mais barato e outro sucessor do iPhone 5. Com corpo de plástico, todo colorido, este é o iPhone 5C. Nos Estados Unidos, o aparelho terá preços a partir de 100 dólares para o modelo de 16 GIGA. São cinco cores disponíveis: verde, branco, amarelo, rosa e azul. O aparelho traz a mesma tecnologia do iPhone 5: chip A6, câmera de 8 megapixel, tela Retina Display de quatro polegadas e rede 4G.

Mas a sensação é mesmo o novo iPhone 5S, que vem para competir sobretudo com o Samsung Galaxy S4. Agora além do preto e do prata, o novo smartphone também está disponível na cor dourado. A tela de quatro polegadas e o acesso 4G não mudaram; inclusive a frequência de banda larga móvel de quarta geração adotada no Brasil continua fora da lista; os 2,5 gigahertz. Sendo assim, a novidade ficou mesmo por conta do leitor biométrico e do processador de 64 bit. Nos Estados Unidos, com contrato com alguma operadora de celular, o iPhone 5S vai custar entre 200 e 400 dólares.

O antigo botão Home deu lugar a um anel onde é feita a tão falada leitura biométrica. O Touch ID tem 170 microns de espessura, resolução de 500 ppi e escaneia até camadas sub-epidérmicas da pele. Além de ser um dispositivo de segurança, o Touch ID também dará acesso direto a aplicações e à iTunes; o que pode significar o fim de senhas para autorização em apps e lojas.

O novo chip A7 da Apple é o primeiro de 64 bit em um smartphone e promete desempenho duas vezes mais rápido que o modelo anterior; já em relação aos gráficos a superioridade é de 56 vezes mais potência. Outra novidade é o coprocessador de movimento M7, que trabalha em conjunto com o A7. A ideia é que através do acelerômetro, compasso e giroscópio, o M7 sirva para apps baseados em movimento e reduza o consumo de bateria – que por acaso, também está mais robusta: agora são 250 horas em stand by, 10 horas de conversação, 10 horas de LTE e 10 horas de Wi-Fi. Bastante coisa, né? Mas só vendo mesmo pra acreditar...

A câmera do iPhone 5S manteve a resolução de oito megapixel, mas trouxe lentes mais claras e um sensor 15% maior do que o do iPhone 5. Antes do clique, o aparelho calcula automaticamente o balando de branco, tempo de exposição e foco. Com dois flashs de LED – um fluorescente e outro incandescente – a nova câmera promete ser ainda mais fiel às cores e tonalidades nas fotos. E no modo burst o novo iPhone tira 10 fotos por segundo para você escolher a que mais gostou. O vídeo agora conta com captura em 120 quadros por segundo, ideal para câmera lenta.

 

Fonte : Olhar Digital

 
gototop